quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Enfim... a solidão!
Não pense que é ruim esse vazio no peito
Ele serve simples e unicamente para me amadurecer

Não pense que está me castigando com esse silêncio
É assim que consigo ouvir a voz do meu coração
E assim vou escolher o caminho certo para felicidade

A euforia, às vezes ofusca nossa razão, confunde os sentimentos
E acreditamos que é real. Que tudo é real...
O coração palpita e não quer ouvir conselhos
Mesmo sabendo que esse castelo pode desmoronar

Pessoas chegarão e partirão de nossas vidas
Unicamente com a missão de nos ensinar algo novo
Cabe a nós guardar o que nos é importante
E descartar o que não nos serve...

Acredite:
Muitos amigos estão chegando e outros, partindo!
Não quero que se vão, mas eu os deixo ir
A solidão em meio a tanta gente me é útil...

Não!!! Eu não estou triste!
Dos males, o menor!
O importante é viver a vida de forma que tudo valha a pena.

Porque o tempo passa rápido
A felicidade não pode esperar
NÓS não podemos esperar

Buscar o que me faz feliz
Entender o que me faz feliz
Viver o que me faz feliz
Mesmo na solidão ou com a multidão

E seja como for,
Não aceito a tristeza porque felicidade é minha prioridade
E se eu não tiver motivos pra ser feliz, com certeza inventarei alguns!

4 comentários:

birafera10 disse...

realmente tem um lado bom em todas as coisas que acontecem em nossa vida,as vezes vivemos uma vida tão corrida que perdemos o foco de muitas coisas que acontecem e deixamos a insanidade diária do dia a dia nos privar de pensarmos como devemos...amei esse texto e vindo de você,não poderia esperar outra coisa...

Ale disse...

Joelma, acho que as 4 linhas a seguir são os melhores conhecimentos que a humanidade deveria saber:
- o tempo passa rápido
- Entender o que te faz feliz
- Buscar o que te faz feliz
- Viver o que te faz feliz

Todos teremos nossos momentos de alegria extrema e tristeza extrema, sendo que isso é importante até mesmo para darmos valor aos bons momentos e às pessoas que nos fazem bem.

Acho que já deve ter percebido que, infelizmente, a MAIOR parte das pessoas prefere ignorar os vales da tristeza...preferem se jogar na balada, na bebida, nas drogas ou seja lá o que, ao invés de realmente VIVER esse momento que, como você disse, faz parte do processo de amadurecimento.

Se um comentário clichê for cabível aqui, fique tranquila pois dias melhores virão! Assim como dias piores também!

A vida é assim, né?!

Magnum Fonseca disse...

Ótima, ressaltando que a felicidade pode não estar no destino, ou ser o objetivo final, mas pode se encontrar por todo o trajeto.

Anônimo disse...

Muita força guardada, sentimento intenso, gostei Joelma.